Classificação morfossintática

Bandeira é um Verbo, presente do indicativo 3a pessoa singular de bandeirar;
Bandeira é um Verbo, imperativo 2a pessoa singular de bandeirar;
Bandeira é um Substantivo, masculino singular ;
Bandeira é um Substantivo, feminino singular ;
Bandeira é um Adjetivo, masculino singular ;
Bandeira é um Adjetivo, feminino singular ;

S. f.
1 - distintivo; emblema; estandarte; insígnia; pavilhão; partido; protecção
2 - pano normalmente quadrado ou rectangular, que se prende por um dos lados a uma haste ou cabo e se usa como distintivo ou insígnia de uma nação, corporação, etc.
3 - pedaço de pano usado para fazer sinais
4- parte superior de uma janela ou porta ou abertura num edifício que serve para ventilar ou iluminar quartos interiores
5 - espécie de quebra-luz de alguns candeeiros antigos
6 - pendão do milho
7 - destacamento armado que explorava o sertão brasileiro
8 - letreiro num transporte público que indica o destino desse veículo
9 - [fig.] ideia pela qual se rege uma doutrina, um partido
10 - [fam.] fralda de camisa
11 - amarela - a que costuma ser hasteada pelos navios submetidos a isolamento devido a poderem albergar focos de epidemia
12 - branca - a que se levantava como sinal de se querer estabelecer a paz. Por extensão, qualquer pedaço de pano branco que se ergue de forma a mostrar que se quer estabelecer tréguas ou que se vem com intuitos amigáveis
13 - de guerra - a nacional que os barcos de guerra ou as fortalezas, castelos, etc, erguem em sinal de disposição beligerante. Por vezes, é diferente da bandeira mercante
14 - negra - bandeira desta cor, que era içada pelos piratas para anunciar que não davam nem esperavam quartel
15 - Arriar BANDEIRA, [expr. náut.] - desistir do combate
16 - Jurar BANDEIRA, [expr. milit.]- jurar fidelidade à pátria
17 - Rir a BANDEIRAS despregadas, [expr. fig.]- rir muito e às gargalhadas
18 - (2.a acep.) - A sua origem perde-se nas névoas da memória. Talvez encontre no bastão de comando dos chefes tribais o seu mais remoto vínculo com o significado que hoje transporta. Como símbolo militar., teve provavelmente a sua origem no estandarte que os Romanos e outros povos da Antiguidade utilizavam como referência para a posição do comandante das forças (vexilum e labarum). Uma das suas formas primitivas mais conhecidas era o gonfalão, que os magistrados da Itália medieval ostentavam nas cerimónias. Era colocado na extremidade de uma haste, ondulando ao vento por acção de um movimento de rotação de quem o transportava. Outra forma de bandeira antiga era o pendão, que inscrevia os símbolos distintivos de um senhor ou de uma ordem militar. O estandarte, de forma rectangular, era usado por reis, príncipes, duques e grandes potentados. O escudo de armas do seu proprietário cobria toda a superfície, de pano ricamente recamado a fio de ouro e prata. O pavilhão ostentava por sua vez a divisa de um senhor, de uma corporação de ofícios ou de uma ordem religiosa. As bandeiras modernas datam do período de construção dos Estados nacionais, sendo muito grande e permanente a correlação afectiva que estabelecem com os cidadãos, a par do hino nacional. Exprimem, de forma imediata, as grandes aspirações e valores das comunidades que representam.

De prov. bandiera, de banda)




Bandeira - pano, geralmente retangular, de uma ou mais cores, com ou sem emblema, que serve de distintivo a uma nação, agremiação, sociedade, corporação, etc.
  


[Zool.]- Bandeirada é o nome vulgar de um peixe, o mesmo
que bagre-bandeira. (VIDE)

( VIDE BAGRE-BANDEIRA )
  

Dar bandeira. Entregar que é homossexual por atitudes suspeitas.

- Você viu o jeito que Fulano deu tchau?
- Vi sim! Banderou demais ele...
  


É um símbolo representativo de algo.

Os países possuem bandeiras diversas.
  

[Zool.]- Bandeirinha ou bonito-do-campo é o nome popular
de uma ave da Ordem Passeriformes, da família dos Frin-
gilídeos, sub-família dos Emberezídeos. São de pequeno
porte ,medindo cerca de 10 cm.e as fêmeas se distinguem
por não possuirem as penas do uropígio (VIDE) com a co-
loração azul, como os machos. Também é conhecida por:
canário-assobio, gaturamo-bandeirinha e gaturamo-verde.
Se alimenta de frutas, larvas e néctar. Ocorre na faixa leste
de Minas Gerais e do estado da Bahia até o Rio Grande do
Sul e também no Paraguai.

A bandeirnha tem o nome científico de Chlorophonia Cyanea
e foi tema da emissão de um selo dos Correios, em 2009.
  


Outras informações sobre Bandeira:

Palavras com 8 Letras
A Palavra Bandeira possui 8 Letras
A Palavra Bandeira possui 4 vogais - a ei a
A Palavra Bandeira possui 4 consoantes - b nd r
A Palavra Bandeira ao contrário: Ariednab

1 página - 5 Definições