Classificação morfossintática

Cardadas é um Verbo, particípio de cardar;

Flexão de cardar;
1. Que foram desembaraçadas, penteadas, desembramadas; 2. [Fig.] Que foram facilitadas, descomplicadas.

1. As malhas que chegaram foram cardadas para a produção de tapetes.
2. As provas foram cardadas esse semestre.
  


[Do latim cardu. S.m.(o)
Planta das famílias das compostas(Centaura melitensis), considerada praga da lavoura, de flores amarelas, folhas com espinho, acinzentadas, caule ereto, revestida de pêlos.

"Lembrou de sua companheira e de seu aniversário. Apanhou pelo caminho flores de cardo, compondo um ramalhete ofereceu a única alma viva que lhe acompanhava naquêle sertão."

Mendes de Assis

  


S.f.
1. Ato ou efeito de cardar.
2.Instrumento composto de um banco ao qul se apóia uma espécie de grande pente com dentes de madeira, compridos e bastante próximos, e que serve para desembaraçar o cânhamo, o linho, a lã, etc.
3.Tecnologia. Máquina que desembaraça, destrincha e limpa fibras têxteis, constituida de cilindros giratórios guarnecidos de milhares de agulhas.
4. Pregadura miúda para calçado.

CARDAÇÃO DA LÃ.

A cardação é sem dúvida alguma a mais importante e tecnicamente a mais dificil de todas as operações que deve sofrer a lã que se destina a ser convertida em fio. A matéria, ainda que todas as anteriores operações tenham sido correctamente efectuadas, apresenta-se sempre sobre a forma de flocos mais ou menos pequenos, regularmente abertos, correctamente sensimados e com um conteúdo adequado de humidade, mas sempre com as fibras enrodilhadas e retendo sempre uma quantidade de matérias estranhas tais como pó, partículas de areia, terra e especialmente palhas e outros restos vegetais.



A operação de cardação poderá ser definida da seguinte forma: é o conjunto de sub-operações necessárias e sucessivas que têm lugar na carda para abrir e separar lenta e progressivamente os flocos de lã até se chegar à separação das suas fibras uma a uma; facilitar a eliminação da maior parte das suas impurezas; dispôr as fibras por separado e paralelas umas junto com as outras, escalonadas em longitude e justapostas, formando um ténue véu que possa finalmente ser separado dos orgãos operadores de saída e ser convertido numa mecha de secção o mais regular possível, de comprimento indefinido e com um peso por metro ou título determinado.



Desta definição se depreende a importância deste conjunto de sub-operações mecâncicas que devem produzir o menor número possível de roturas de fibras para se obter assim a máxima regularidade da mecha. Graças ao trabalho e disposição dos orgãos da carda, a massa amorfa de fibras é transformada numa mecha de secção e peso regulares. Finalmente a mecha é enrolada sob a forma de bobinas (buinhos).



No trabalho da carda não só intervêem factores de tipo mecânico, mas em grande parte também de outras importantes afinações ou folgas, sempre de acordo com o tipo de matéria e o seu estado de apresentação; não obstante qualquer disposição da máquina em relação a velocidades, afinações, etc.. Estes factores estão intimamente ligados à produção que se desejar ou se possa obter com um determinado tipo de lã. Se pretendemos uma produção elevada - operar com um baixo custo por unidade - os resultados a partir de um determinado limite serão maus. Está aqui o grande problema de operação de uma carda, que deve trabalhar uma determinada lã - saber determinar aquele ponto de equilíbrio que permita obter uma óptima qualidade e rendimento com uma produção máxima.



Classificação e estudo das distintas funções da carda

Pelas definições dadas anteriormente chega-se a compreender perfeitamente a complexidade do trabalho da carda e que necessariamente está formada por um conjunto de orgãos, independentes entre sí quanto à sua função específica, mas intimamente unidos e relacionados para constituir o conjunto mecânico-tecnológico imprescindível para levar a bom termo a operação. Para seu melhor estudo, estas funções ou sub-operações serão ordenadas como se segue :

Equipamento de alimentação.
Abertura progressiva dos flocos.
Separação de impurezas.
Transportador mecânico do véu entre cardas.
Isolamento e paralelização das fibras.
Obtenção do véu da matéria cardada.
Formação, compactação e enrolamento da mecha.
  

Flor do campo, que cresce muito rápida.

Crescendo que nem cardo. Crescendo que nem mato ( crescendo muito )
Em H. G. Wells - Alimento dos Deuses
  


Cardada é a lã que já passou pela carda (VIDE) ou seja a
lã já beneficiada e pronta para ser transformada em fios.
A lã antes de ser cardada é denominada ¨churda¨.

( VIDE CHURDA )
  

É uma observação. A família das compostas atualmente é denominada de asteráceas.

Para melhores informações vide ¨asteráceas¨.
  

Retirar fibras curtas e de uma porção de fibras e paralizar as fibras restantes, por meio de escovação da massa.

Cardar fibras de algodão a fim de obter um bom processo de fiação.
  

Plural de cardado.
1. Que foram submetidos a cardação.
2. [Fig.] Que foram extorquidos; explorados.

Ex1. Os algodões foram cardados.
Ex2. Os convidados foram cardados.
  

Flexão de cardar.
1. Desenredam ou penteiam (lã, algodão, linho, pelo etc.) com carda.
2. [Fig.] Extorquem com astúcia; exploram.

Cardam o incauto.
  

Desenredar ou pentear a lã, algodão ou o linho ou qualquer filaça.

Ficaram cardando o algodão por horas.
  

Outras informações sobre Cardadas:

Palavras com 8 Letras
A Palavra Cardadas possui 8 Letras
A Palavra Cardadas possui 3 vogais - a a a
A Palavra Cardadas possui 5 consoantes - c rd d s
A Palavra Cardadas ao contrário: Sadadrac
Busca reversa Onomasiológica por Cardadas

1 página - 10 Definições