Classificação morfossintática

Cristão é um Substantivo, masculino singular ;
Cristão é um Adjetivo, masculino singular ;

Biblicamente e originalmente, o significado da palavra Cristãos no grego é "Pequenos Cristos" - dando o sentido de que o cristão deve ser uma cópia submissa de Cristo. A designação não está relacionada à religião de aguém, mas sim, à identidade que essa pessoa tem com a pessoa de Cristo!

  


Seguidor de Jesus Cristo.
Aquele que segue o Seu conteúdo doutrinário.
Não é ser religioso, mas, sim, praticante da Palavra Viva e Eficaz.

Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos (crematisai te protos en antioceia tous mayhtas cristianous) Atos 11.26.
  

Cristão é todo aquele que reconhece a obra Redentora de Jesus Cristo, qual seja, a salvação do homem pelo perdão dos pecados e que ocorre pela Graça mediante a Fé e não por obras de retidão.Para ser Cristão é necessário reconhecer a Jesus Cristo como Senhor e Mestre.Reconhecer a Jesus como Senhor é reconhecer o caráter divinal de Jesus e Sua Soberania.

Se eu que sou Senhor e Mestre vos lavei os pés,vós deveis também lavar os pés uns dos outros João 13:14
  


Ser a reprodução de Cristo, em Seu caráter e em sua missão.

Eu sou cristão
  

Para se definir um cristão é necessário compreender o advento de Jesus Judeu e a transformação desse Jesus em um Cristo após sua crucificação. Jesus o unigênito e primogênito de Deus foi gerado em Maria através da ação do Espírito Santo de Deus, ou seja, pela vontade de Deus em Maria. Nasceu Judeu, viveu como Judeu e desta forma cumpriu a lei judaica. Com idade aproximada aos 30 anos, este Jesus passa pelo batismo na água viva (rio ou mar), no caso dele o rio Jordão; faz o cumprimento do simbolismo de nascer novamente, como haveria de ensinar a Nicodemos, recebe a confirmação do batismo através das palavras de Deus ao receber o Espírito Santo e ser proclamado "Este é meu filho amado em quem me comprazo". Do batismo em diante Jesus mesmo vivendo como Judeu passa a ensinar a palavra de Deus sob a égide do amor ao próximo e do amor a Deus sobre todas as coisas. Mostra a necessidade do homem se modificar internamente e observar seu próximo com o mesmo amor desejado para si e, principalmente com o amor de Jesus, voltado para a sua morte e crucificação, ato maior de amor a Criação de Deus, homem e mulher. Passado quase três anos e meio de pregação este Jesus é preso, julgado e crucificado. É sepultado e ressuscita depois de cumprir um período de descanso durante o dia do sábado, da mesma forma que Deus descansou das suas obras. Ora, ao ressuscitar deixa de ser Jesus Judeu e passa a ser o Cristo, mais referenciado pelos Apóstolos como Cristo Jesus. Desta forma ser Cristão é viver os ensinamentos de Jesus, seguir e cumprir da mesma forma que ele cumpriu os mandamentos de Deus e se transformar através da luta neste reino maligno em um novo homem para após nossa morte e com a vinda de Cristo, saber se alcançamos a salvação, da mesma forma que Jesus alcançou. Vencer a morte é vencer a nós mesmos através das palavras de Jesus. Portanto, não há ainda, um cristão, mas futuros cristãos se e somente se, alcançarmos a vida eterna através do sacrifício de Jesus. Lembro que a salvação veio pelos Judeus (Jesus) e a morte por um homem (Adão), mas a vida por outro (simbólicamente) Adão representado em Jesus. Somente seremos confirmados como ovelhas de Cristo Jesus, se ouvirmos a voz do nosso Pastor quando forem proferidas as seguintes palavras: - Vinde benditos de meu Pai receber por herança o que vos tenho preparado desde a criação do mundo (VIDA ETERNA). Concluindo: Hoje não existe cristão, mas discípulos de Jesus. Os cristão estão se formando para em um futuro próximo, mas que somente Deus sabe qual e quando é, serem aceitos como a Igreja de Cristo pronta e ataviada para seu esposo - Cristo Jesus.

Ofício do verdadeiro Cristão.

Apresento uma reflexão sobre a palavra de Deus transmitida ao Profeta Ezequiel sobre ?O ofício do verdadeiro Profeta?. Ezequiel cap. 33 explicita a salvação e o trabalho de Jesus durante o tempo em que esteve aqui neste mundo, onde quem reina transpassa a vida da criação de Deus, subvertendo ao pecado e a morte todos os que se inclinam para suas próprias concupiscências.

Coube a Jesus um ofício maravilhoso e particularmente dedicado ao Filho de Deus, não poderia haver outro que melhor o fizesse, mas teria obrigatoriamente que haver quem desse continuidade aquele trabalho, aquela forma de agir e aquela forma de utilizar as ferramentas da palavra para com elas, construir a maior das obras que é o corpo espiritual da Igreja de Cristo, onde cada um daqueles que se convertem em batismo passam a ser por conseqüência herdeiros do mesmo trabalho do Senhor.

Ter o ofício de Jesus, por continuidade é pregar a palavra e, cumpri estritamente o que Jesus disse aos primeiros discípulos e também a nós: - Vós sois a luz do mundo, vós sois o sal da terra.

Proceder com a consciência focada na responsabilidade advinda destas palavra do Senhor sobre ter em nós a vida e a palavra, para distribuí-las aos homens, é sem sombra de dúvidas saber em quem confiamos e muito mais no que foi o vitupério de Jesus por todos nós.

O ser humano tem necessidade da misericórdia que revela o amor mais forte que o pecado e todo o mal, que envolve o homem em existência terrena. O grande papel da Igreja sempre foi e será, ser forte enquanto age em decorrência do encargo que lhe foi confiado. Deve assim permanecer para defender eficazmente os direitos da criação de Deus, para ver se desta forma a conversão se torne objeto crível para alguns que claudicam no conhecimento e por fim, abdicam da certeza daquilo que Jesus mais pregou que é o Amor.

Nossa missão só é autentica se é essencialmente doutrinária e religiosa. Caso contrario, reduz-se à estatura das demais organizações temporais. Daí a triste constatação: ?A palavra e o conceito de misericórdia parecem causar mal-estar ao homem, o qual graças ao enorme desenvolvimento da ciência e da técnica, nunca antes verificado na História, se tornou senhor da Terra, a subjugou e a dominou, sem saber tomar conhecimento de que a ciência do homem para o Criador é loucura e que o oficio de Cristo foi legado a toda a Criação, não pelo fato de ser aos que são encaminhados por Deus aos seus átrios a responsabilidade de conduzir pelo caminho que conduz a vida, mas pelo fato de que Jesus morreu por toda a Criação.

Na prática do nosso ofício devemos pregar a conversão ao Senhor, que consiste sempre na descoberta da sua misericórdia. E desta forma entender o que nos disse Deus através do Profeta Ezequiel quando nos alerta para qual caminho devemos seguir objetivando a nossa salvação e, da mesma forma a importância de pregar a palavra verdadeira sem maiores prejuízos a nossa própria vida, para ver se podemos levar algumas almas ao caminho, a verdade e a vida que é Jesus.

Como bons Cristãos agimos em seguir o caminho de Deus ? Jesus Cristo; para ver se pela nossa postura nos são confiadas às almas escolhidas por Deus (Sl 65 v.4).

Leitura Complementar.
Sl 49 e 50 e finalizando com Sl. 24
  


1. Todo indivíduo que adere o Cristianismo.

Os seguidores do cristianismo, conhecidos como cristãos, acreditam que Jesus seja o Messias profetizado na Bíblia Hebraica.
  

Cristo significa ungido. Cristão é aquele que crê em Cristo.

Falsos cristãos, falsos ungidos.
  

Seguidor de Jesus Cristo. Católico.

Acredito nele, ele é cristão.
  

Outras informações sobre Cristão:

Palavras com 7 Letras
A Palavra Cristão possui 7 Letras
A Palavra Cristão possui 3 vogais - i ao
A Palavra Cristão possui 4 consoantes - cr st
A Palavra Cristão ao contrário: Oãtsirc

1 página - 8 Definições