Classificação morfossintática

Estupro é um Verbo, presente do indicativo 1a pessoa singular de estuprar;
Estupro é um Substantivo, masculino singular ;

Abuso sexual contra a mulher. Mais especificamente: um homem fazer sexo à força com uma mulher, ou seja, sem ela querer. Caso seja mulher abusar de mulher (lésbica) e vice-versa com homens é atentado ao pudor. Estupro só é estupro quando tem o contato do pênis com a vagina.

Um homem faz sexo a força com uma mulher.
  


Prática desconsensual de conjunção carnal, imposta por meio de violência ou grave ameaça de qualquer natureza, ou ainda imposta contra pessoas incapazes de consentir com o sexo (como crianças, sendo chamada nesse caso de PEDOFILIA, adolescentes, EFEBOFILIA). O plural de ESTUPRO é ESTUPROS.

Estupros

De acordo com o Código Penal Brasileiro, estupros são penetrações dos pênis nas vaginas sem os consentimentos femininos. Ao contrário do que acontecem em grande parte do mundo, as outras formas de violência sexual, inclusive as praticadas contra homens, são classificadas como atenviópus (atentados violentos ao pudor, Artigo 214), apesar de algumas popularmente serem chamadas de estupros (Artigo 213 do Código Penal). O estupro no Brasil pode ser praticado mediante violência real (agressão) ou presumida (quando praticado contra menores de 18 anos, alienados mentais ou contra pessoas que não puderem oferecer resistência). Logo, drogar uma pessoa para manter com ela conjunção carnal configura crime de estupro praticado mediante violência presumida, pois a vítima não pode oferecer resistência.

O estupro é considerado um dos crimes mais violentos (crime hediondo). No caso do estupro contra menores de idade, também é comum falar-se em pedofilia, embora este termo seja empregado incorretamente, uma vez que a pedofilia não é um crime por si só, e não caracteriza-se necessariamente pela presença de ato sexual entre um adulto e menores de idade, ou a criança ter consentimento (devido a sua inocência, assim por se dizer), e que os abusadores sexuais de menores são em sua maioria, não-pedófilos.

Atualmente a pena no Brasil é de seis a dez anos de reclusão para o criminoso. O uso de arma, possivelmente pelo princípio da consunção ficará absorvido, sendo o agente punido apenas pelo estupro ou pelo atenviópu, mas isto ocorrerá desde que não sejam as condutas autônomas e independentes entre si.

Estatísticas indicam que em grande parte dos estupros o agressor não usa armas-de-fogo e sim a força física ou facas de cozinha.

Casos no Brasil

O Brasil tem altos índices de violência contra a mulher. Quando se quer dizer que a mulher foi vítima de estupro por mais de um homem, usa-se comumente a expressão curra. E se todos os(as) violentados(as) denunciassem, esse índice seria maior.
  

Estupro

Art. 213. Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso: (Redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009)

Aquela pessoa foi vítima de estupro.
  


Ato sexual obrigatório sem permissão do conpanheiro(a)

Aquela mulher foi estuprada...
  


Outras informações sobre Estupro:

Palavras com 7 Letras
A Palavra Estupro possui 7 Letras
A Palavra Estupro possui 3 vogais - e u o
A Palavra Estupro possui 4 consoantes - st pr
A Palavra Estupro ao contrário: Orputse
Busca reversa Onomasiológica por Estupro

1 página - 5 Definições



Dicionário inFormal - Dicionário online de Português