A função sintática é analisar a frase de uma forma que, não fique igual a classe gramatical. Para aplicar a função sintática, precisamos de uma frase com SUJEITO, VERBO, OBJETO (DIRETO OU INDIRETO) e, se necessário, um ADJUNTO ADVERBIAL.

Vejamos:
O Júlio leu o livro rapidamente.

Vamos aplicar a função sintática.
O = Artigo (na classe gramatical). Na função sintática é ADJUNTO ADNOMINAL. Adjuntos Adnominais são todos os artigos presentes no SUJEITO, também são contrações com artigos.

Júlio = Substantivo (na classe gramatical). Na função sintática é NÚCLEO DO SUJEITO. Logo, O JÚLIO é o sujeito. Como Júlio é a palavra mais importante do sujeito, é tratado como NÚCLEO DO SUJEITO. No SUJEITO, pode haver mais de um NÚCLEO DO SUJEITO.

Leu: Verbo (na classe gramatical). Na função sintática, os verbos são divididos na transitividade. Verbos Intransitivos são aqueles que não precisam de complemento para terem um sentido profundo.

Um Livro = Um - Artigo (na classe gramatical). Na função sintática, se estivesse no SUJEITO, seria ADJUNTO ADVERBIAL. Livro - Substantivo (na classe gramatical). Na função sintática, é o NÚCLEO DO PREDICADO. Então, assim podemos dizer que, UM LIVRO é o PREDICADO. No predicado também pode haver um ADJUNTO ADVERBIAL. De acordo com o verbo ler que é um VTD, o predicado pode ser dividido em PREDICADO NOMINAL E PREDICADO VERBAL e PREDICADO VERBO-NOMINAL. PN são os núcleos do sujeito que são nomes, características. Só são PN quando estão depois de VL (Verbos de Ligação).
  


Trata-se da função que determinada palavra desempenha dentro de uma oração, analisa a posição de cada palavra em conjunto com as outras.

Os alunos estudaram a função sintática na aula de gramática.
  


A função sintática é analisar a frase de uma forma que, não fique igual a classe gramatical. Para aplicar a função sintática, precisamos de uma frase com SUJEITO, VERBO, OBJETO (DIRETO OU INDIRETO) e, se necessário, um ADJUNTO ADVERBIAL. Vejamos: O Júlio leu o livro rapidamente. Vamos aplicar a função sintática. O = Artigo (na classe gramatical). Na função sintática é ADJUNTO ADNOMINAL. Adjuntos Adnominais são todos os artigos presentes no SUJEITO, também são contrações com artigos. Júlio = Substantivo (na classe gramatical). Na função sintática é NÚCLEO DO SUJEITO. Logo, O JÚLIO é o sujeito. Como Júlio é a palavra mais importante do sujeito, é tratado como NÚCLEO DO SUJEITO. No SUJEITO, pode haver mais de um NÚCLEO DO SUJEITO. Leu: Verbo (na classe gramatical). Na função sintática, os verbos são divididos na transitividade. Verbos Intransitivos são aqueles que não precisam de complemento para terem um sentido profundo. Um Livro = Um - Artigo (na classe gramatical). Na função sintática, se estivesse no SUJEITO, seria ADJUNTO ADVERBIAL. Livro - Substantivo (na classe gramatical). Na função sintática, é o NÚCLEO DO PREDICADO. Então, assim podemos dizer que, UM LIVRO é o PREDICADO. No predicado também pode haver um ADJUNTO ADVERBIAL. De acordo com o verbo ler que é um VTD, o predicado pode ser dividido em PREDICADO NOMINAL E PREDICADO VERBAL e PREDICADO VERBO-NOMINAL. PN são os núcleos do sujeito que são nomes, características. Só são PN quando estão depois de VL (Verbos de Ligação).

Qual é a função sintática de "TV" na palavra "A TV quebrou" se ela está na posição de sujeito da oração? A sua gramática explica isto? Cadê o seu deus agora?
  

Outras informações sobre Função sintática:

Palavras com 16 Letras
A Palavra Função sintática possui 16 Letras
A Palavra Função sintática possui 7 vogais - u ao i a i a
A Palavra Função sintática possui 9 consoantes - f nc s nt t c
A Palavra Função sintática ao contrário: Acitátnis oãçnuf
Busca reversa Onomasiológica por Função sintática

1 página - 3 Definições