Hegeliano

1 Definição encontrada.

Nas explicações contemporâneas do hegelianismo - para os estudantes universitários, por exemplo - a dialética de Hegel geralmente aparece fragmentada, por comodismo, em três momentos chamados: tese (em nosso exemplo, a revolução), antítese (o terror subsequente) e a síntese (o estado constitucional de cidadãos livres). No entanto, Hegel não empregou pessoalmente essa classificação absolutamente; ela foi criada anteriormente por Fichte em sua explicação mais ou menos análoga à relação entre o indivíduo e o mundo. Os estudiosos sérios de Hegel não reconhecem, em geral, a validade desta classificação, ainda que possivelmente tenha algum valor pedagógico.
Hegel utilizou-se deste sistema para explicar toda a história da filosofia, da ciência, da arte, da política e da religião, mas muitos críticos modernos assinalam que Hegel geralmente parece analisar superficialmente as realidades da história a fim de encaixá-las em seu modelo dialético.

O hegelianismo é uma corrente filosófica desenvolvida por Georg Wilhelm Friedrich Hegel que pode ser sintetizada pela frase do próprio filósofo "o racional por si só é real", que significa que a realidade é capaz de ser expressada em categorias reais. O objetivo de Hegel era reduzir a realidade a uma unidade sintética dentro de um sistema denominado idealismo transcendental.
  


Outras informações sobre Hegeliano:

Palavras com 9 Letras
A Palavra Hegeliano possui 9 Letras
A Palavra Hegeliano possui 5 vogais - e e ia o
A Palavra Hegeliano possui 4 consoantes - h g l n
A Palavra Hegeliano ao contrário: Onailegeh
Busca reversa Onomasiológica por Hegeliano
Visualize Hegeliano

1 página - 1 Definição