Aonde

Por (RJ) em

Significado de Aonde:

Advérbio de lugar, com prefixo preposicional requisitado por
verbo caracterizando deslocamento.
Dá idéia
do lugar a que se vai ou ao qual uma coisa é enviada.
É usado como adjunto de verbo de movimento: "Desta vez,
o Lula foi aonde?"
Não deve usar-se com verbo de estado, situação ou permanência: "Você está aonde, trabalha aonde, dá
consultoria aonde?" Certo perguntar-se: "Você está onde,
trabalha onde, dá consultoria onde, molha o biscoito onde,
se senta onde, faz compras onde?"
Muito comum locutores ou apresentadores de TV entre tais
Ratinho, Raul Gil, Luciana Superpop, Sílvio Santos e outros
perguntarem a ouvintes ou a pessoas no palco "Você veio
daonde?" Acrescentam mais uma preposição ao advérbio
"onde". Ora, na ida, "ir aonde"; na volta, "vir de onde".
"Aquele ET que tinha luz na ponta do dedo veio de onde?"
Na primeira metade do século XX, as crianças eram muito perguntadeiras, e quando insistiam em saber aonde iam as
mães, estas encerravam o assunto dizendo "Aonde? Vou no
cu do conde." Melhor diriam "Vou ao cu do conde." Ir no cu
indica agarrada, montada, colada no ânus, tal um carrapato
ou chato, quiçá como uma hemorróida. Erro semelhante é
"Fui no médico." Literalmente, montado no doutor!"


Exemplo do uso da palavra Aonde:

Aonde pretendes chegar, Risoleta?
Não sei aonde irás sem dinheiro.
Adivinha aonde joguei tuas flores, seu fingido!

[Com sentido de apostar, o verbo jogar usa a preposição "em":
"Vou jogar no bicho; ontem, joguei na cobra."]