Continência

Por (SP) em

Significado de Continência:

A saudação conhecida como "bater continência" surgiu na Idade Média: era um sinal de respeito na presença dos soberanos. Diante do rei, os cavaleiros, que se protegiam com enormes armaduras, eram obrigados a se identificar. Para isso, tinham de erguer a viseira do elmo, o capacete medieval, com a ponta dos dedos da mão direita. O gesto era também um sinal de paz, porque com a mão no elmo o cavaleiro não poderia sacar a espada ? e assim evitava reações hostis. Com o tempo esse costume espalhou-se também entre os membros de diversos povos, a mão levada a testa era o início de um aceno amigável; servia também como uma espécie de senha, pois tinha muitas variações para confundir os inimigos. Os franceses, por exemplo, até hoje cumprimentam-se com a palma da mão voltada para a frente; já os brasileiros batem continência à prussiana, com a palma da mão para baixo, a Mexicana com a mão direita dobrada no peito .
Essa reverência dos tempo das cruzadas medievais também era usada
em duelos, o cavaleiro se apresentava diante do rei e da rainha para ser consagrado de alguma maneira e, por estar sempre com a proteção da cabeça, ele abria a parte frontal do capacete e se deixava ver os olhos, pois, era comum na época se olhar olho no olho, daí surgiu a continência entre os militares que empunham a espada na mão esquerda e levavam a mão direita acima da linha dos olhos.


Exemplo do uso da palavra Continência:

Eles precisam bater continência.