Grafema

Significado de Grafema:

Termo geral que designa as letras, os sinais de pontuação (diacríticos) e demais símbolos de um sistema de escrita. O grafema é a unidade fundamental de todo e qualquer sistema de escrita sendo indivisível (base), e abstrato não material. Por ser a base dos sistemas de escrita, os grafemas permitem diferenciar palavras com sonorização e, ou, escrita muito próximas (homônimas perfeitas). Um símbolo alfabético é letra quando representa o fonema enquanto fonema. Quando é um fonema funcional, ou seja, tem uma função acerca da definição e, ou, sentido numa palavra o símbolo ou grupo de símbolos é dito grafema.


Exemplo do uso da palavra Grafema:

Exs: Tio e Til : 'T' e 'i' são letras por que por meio desses fonemas que representam não podemos discernir a diferença entre essas duas palavras homônimas. O 'o' e o 'l' são grafemas, pois os fonemas que representam têm função significatória: tio parente e til acento.

Barra e jarra = barr e jarr são os semantemas das respectivas palavras. O símbolo alfabético 'a' no fim desses vocábulos são as desinências e 'b' e 'j' são os grafemas.

Anúncio e anuncio = nesse caso o que torna assas palvras distintas é o diacrítico acento agudo que é o grafema, pois modifica o fonema a ponto de modificar o sentido da palavra em relação a 'anuncio' !

quanto e canto = o dígrafo 'qu' e a letra 'c' desempenham papel significatório por isso são grafemas. 'a', 'n', 't' e 'o' são simplesmente letras pois representam fonemas que não auxiliam na distinção dessas palavras.

Tinteiro = eiro é grafema pois tem a função de indicar que é um objeto que se relaciona com tinta.

Por esses exemplos nota-se que os grafemas podem ser letras ou um grupo de letras. Os grafemas podem representar ainda sílabas (grafemas silábicos), ideogramas (grafemas ideogrâmicos) ou abjads (grafema consonaltal). Os grafemas utilizados em português são grafemas fonêmicos, pois representam exclusivamente fonemas.