Nos tempos do onça

Por (PR) em

Significado de Nos tempos do onça:

O termo é referência à uma espécie de governador, no caso, o capitão Luiz Vahia Monteiro, homem íntegro e cônscio de sua posição, na então capital do Reino do Brasil, na ainda denominada São Sebastião do Rio de Janeiro (que viria á se tornar capital federal em 1763).

A gestão do capítão foi curtíssima, de apenas 7 anos (1725 à 1732), mas sob sua égide, foi uma época em que a cidade era limpa e ordeira, onde desocupados, vagabundos, meliantes e foras-da-lei, não tinham vez, estivessem dentro ou fora do governo.

Naquela época, o Capitão ONÇA (assim apelidado por sua rigidez e bravura), chegou à escrever uma carta ao rei D. João VI, em Portugal, dando a exata idéia do que viria se tornar a cidade, ao afirmar:

"Nesta terra, todos roubam. Só eu é quem não roubo".

Hoje, o termo significa algo bastante antiquado, antigo ou que sua ocorrência deveu-se à uma consideravel escala de tempo passado.


Exemplo do uso da palavra Nos tempos do onça:

Nos tempos do onça, esse bairro aqui era maravilhoso. Agora, é uma terra sem dono.

Já sei onde voce conseguiu esse treco: Deve ter surgido lá nos tempos do onça !

Nos tempo do onça, o Rio de Janeiro era uma cidade muito ordeira e vagabundos não tinham a vida fácil e cheia de status, que possuem nos dias de hoje.