Paquequer

Por (SP) em

Significado de Paquequer:

"Paquequer" é um termo oriundo da língua tupi que significa "paca dormente", através da junção dos termos paka ("paca") e kera ("dormir")


Exemplo do uso da palavra Paquequer:

No romance indigenista O Guarani (1857), de José de Alencar, grande parte da ação se desenrola às margens do Paquequer, onde o personagem D. Antônio de Mariz, um fidalgo português, construiu sua casa.[3] O romance se inicia com uma descrição do rio:[4]
"De um dos cabeços da Serra dos Órgãos desliza um fio de água que se dirige para o norte, e engrossado com os mananciais que recebe no seu curso de dez léguas, torna-se rio caudal. É o Paquequer: saltando de cascata em cascata, enroscando-se como uma serpente, vai depois se espreguiçar na várzea e embeber no Paraíba, que rola majestosamente em seu vasto leito. (...)"



Outros Significados que podem interessar: