Plutão e planetóides transnetunianos

Por (MG) em

Significado de Plutão e planetóides transnetunianos:

A partir de 2006, Plutão foi rebaixado à condição de planeta anão, mesmo porque foram descobertos, na região onde ele se encontra, vários outros planetas anões, inclusive um, de nome Ëris, que é maior do que êle, com 2.236 Km de diâmetro, contra 2.200 de Plutão, que foi descoberto por Clyde Tombaugh, do Observatório Lowell, em 1930.Ele tem 1/6 da massa de nossa Lua e 2/3 de seu diâmetro, orbitando o Sol em 248 anos terrestres, a uma distância média de 49,3 UA, equivalente a 5.800.000.000 de Km. Sua órbita é super eliptica ( chegando no periélio, por pouco tempo, a uma distância inferior à de Netuno ao Sol) e sua gravidade e de 6% da da Terra. Incrivelmente, para um planeta tão pequeno, possui 5 luas, sendo a maior delas, Charon,descoberta em 1978, com a metade de seu diâmetro, orbitando-o a apenas 19.600 Km. Um pouquinho mais longe, orbitam 2 outras, de nomes Nix e Hidra.As 2 restantes nem nomes tem ainda.A exemplo de Vênus, Plutão tem também sua rotação retrógrada, de leste para oeste.Em 2006 a Nasa lançou para o planeta a sonda New Horizons, que, após uma longa viagem de 9 anos, chegara lá em 2015, com a função de mapeá-lo e registrar outros dados, assim como de seus satélites e planetóides irmãos, que são, além de Eris, Makemake e Haumea. Plutão tem uma cor intensamente vermelha, que fica mais vermelha ainda à medida que ele se dirige para o afélio (maior distância do Sol). Seu satélite Charon tem a cor acinzentada.O planeta é composto principalmente de rochas e gelos, sendo sua temperatura média muito próxima do zero absoluto.


Exemplo do uso da palavra Plutão e planetóides transnetunianos:

"Não obstante seu pequeno tamanho, Plutão tem uma atmosfera super rarefeita, produzida pela sublimação do gêlo de água que o envolve".