Troféu imprensa

1 Definição encontrada.

O Troféu Imprensa é considerado o maior prêmio anual destinado aos maiores destaques da televisão brasileira em diversas categorias.

O prêmio foi criado em 1958, pelo jornalista Plácido Manaia Nunes. Desde 1971, Silvio Santos apresenta a premiação, estabelecendo ainda nos anos 1970s o atual formato:

Em uma cerimônia de eleição, são apresentados a um corpo de jurados - formado em sua maior parte por jornalistas especializados em artes e espetáculos - os três indicados mais votados num inquérito amplo entre universitários e profissionais de rádio e televisão. Em votação oral, os jurados elegem o vencedor do ano. Em meados dos anos 1980s, o inquérito passou a ser feito em uma data que impedisse que os eventos do ano corrente influenciassem a escolha relativa ao ano anterior.
A entrega dos prêmios propriamente dita, realizada ao longo do ano dentro dos programas apresentados por Sílvio Santos.

O plural de TROFÉU IMPRENSA é TROFÉUS IMPRENSAS.

TROFÉUS IMPRENSAS

Além do próprio Sílvio Santos, Roberto Carlos, Chico Anísio, Hebe Camargo, Jô Soares, Regina Duarte, Lima Duarte, Eva Vilma, Tarcísio Meira, Glória Menezes, Antônio Fagundes, Fernanda Montenegro, Francisco Cuoco e Tony Ramos foram os artistas que mais vezes ganharam a estatueta.

PERSONALIDADES FEMININAS:

1963 - Neusa Amaral;
1964 - Eva Vilma;
1965 - Isaura Bruno;
1966 - Leila Diniz;
1967 - Márcia de Windsor e Maria Aparecida Baxter;
1968 - Nicete Bruno;
1969 - Ana Rosa;
1970 - Zilka Salaberry;
1974 - Sandra Bréia;
1975 - Elizabete Savala;
1976 - Pepita Rodrigues;
1977 - Teresa Raquel.

CURIOSIDADES

Na primeira premiação do troféu imprensa, em 1961, o evento foi transmitido simultaneamente por três emissoras: a Tupi, a Excelsior e a Paulista.
Durante os anos 1970s, já na fase apresentada por Sílvio Santos, o programa teve transmissão em diversas emissoras: de 1971 a 1975, a Globo, de 1976 a 1979, a Tupi, em 1980, a Record, e a partir de 1981, o SBT.
No TI de 1971, aconteceu um fato curioso: os vencedores da categoria "MELHOR CANTOR" foram Chico Buarque e Roberto Carlos. No entanto, os dois não compareceram à premiação. Assim, a produção decidiu conferir o prêmio ao terceiro colocado, Altemar Dutra. Outro fato curioso se deu na premiação de 1969: os quatro candidatos ao prêmio de "MELHOR CANTOR" eram Aguinaldo Raiol, Jair Rodrigues, Roberto Carlos e Uílson Simonal. Porém, como a disputa estava bastante concorrida e nenhum dos candidatos atingiu o número mínimo de votos, ninguém levou o TI.
Em 1971, Regina Duarte recebeu o troféu imprensa no oitavo aniversário do "PROGRAMA SÍLVIO SANTOS". Este prêmio não foi oficial.
Em 1973, Regina Duarte foi a escolhida pelo júri para receber o troféu, mas abriu mão dele em favor de Eva Wilma, por seu desempenho na novela "MULHERES DE AREIA".
Algumas atrizes já ganharam o prêmio de "MELHOR ATRIZ" por unanimidade. Foram elas: Eva Vilma (1975 e 1997), Regina Duarte (1985) e Patrícia Pilar (2009).
Em 1978 e em 1979, o troféu imprensa foi destinado apenas para profissionais da extinta Rede Tupi.
Na categoria "COMERCIAL DE TV", as marcas que mais vezes concorreram ao TI foram Bombril e Coca-Cola, com quatro vezes cada. O comercial da Bombril concorreu em 1981, 1982, 1992 e 1993, e o da Coca-Cola, em 1988, 1995, 2003 e 2007.
Em 2000, nos créditos da abertura do TI, ainda é exibido o logo da Rede Manchete, mesmo com sua falência em meados de 1999. Todavia, a emissora não concorreu ao prêmio.
Pela primeira vez, em 2008, a TV Cultura levou o troféu imprensa na categoria "MELHOR PROGRAMA DE ENTREVISTA", com o programa "RODA VIVA". Até então, a emissora nunca havia ganho nenhuma edição, embora sempre estivesse presente em todas as premiações.
Em 2009 o programa humorístico "CQC - CUSTE O QUE CUSTAR" da Band desbancou o programa "PÂNICO NA TV" da Rede TV que venceu todas as edições desde 2006.

JURADOS:

Paulo Ricardo ("JORNAL DO BRASIL");
Leão Lobo ("REDE CNT");
José Armando Vanucci ("RÁDIO JOVEM PAN" E "TV GAZETA");
Décio Piccinini ("REVISTA CHIQUES E FAMOSOS");
Eli Correia ("RÁDIO RECORD");
Paulo Barbosa ("RÁDIO CAPITAL");
Daniel Castro ("ENTÃO DA FOLHA DE SÃO PAULO", atualmente na "REDE RECORD", no "PORTAL R7");
Cristina Padiglione ("O ESTADO DE SÃO PAULO");
Márcia Piovesan ("REVISTA TITITI");
Carolina Camargo ("REVISTA CONTIGO");
Cláudia Boechat ("REVISTA CARAS").
  


Outras informações sobre Troféu imprensa:

Palavras com 15 Letras
A Palavra Troféu imprensa pode ser uma gíria/informal/sigla
A Palavra Troféu imprensa possui 15 Letras
A Palavra Troféu imprensa possui 6 vogais - o eu i e a
A Palavra Troféu imprensa possui 9 consoantes - tr f mpr ns
A Palavra Troféu imprensa ao contrário: Asnerpmi uéfort
Busca reversa Onomasiológica por Troféu imprensa
Visualize Troféu imprensa

1 página - 1 Definição