Trotskismo

4 Definições encontradas.

Classificação morfossintática

Trotskismo é um Substantivo, masculino singular ;

O trotskismo é uma doutrina marxista, que se caracteriza por defender a revolução permanente, a auto-emancipação dos trabalhadores e a democracia de massas, havendo a presença de um estado centralizado e socializado junto com a socialização dos meios de produção.

A média que o capitalismo e o neoliberalismo estão decaindo, o trotskismo vem crescendo como uma alternativa ao capitalismo e ao neoliberalismo.
  


Deriva do nome de um revolucionário Ucraniano, adotou-se esta expressão para demonstrar o ato de sair em protesto e aderir lutadores para causa.

No Brasil quem mais praticou o trotskismo desde anos de 1980 foi o partido dos trabalhadores.
  

O trotskismo é a ideologia política e o ramo do marxismo desenvolvido pelo revolucionário russo Leon Trotsky e alguns outros membros da Oposição de Esquerda e da Quarta Internacional. Trotsky se identificou como um marxista ortodoxo, um marxista revolucionário e um bolchevique-leninista, um seguidor de Marx, Engels e 3L: Vladimir Lenin, Karl Liebknecht e Rosa Luxemburgo. Ele apoiou a fundação de um partido de vanguarda do proletariado, o internacionalismo proletário e uma ditadura do proletariado (em oposição à "ditadura da burguesia", que os marxistas argumentam que define o capitalismo) baseada na autoemancipação da classe trabalhadora e na democracia de massa. Os trotskistas são críticos do stalinismo, pois se opõem à teoria do socialismo de Joseph Stalin em um país em favor da teoria da revolução permanente de Trotsky. Os trotskistas criticam a burocracia e a corrente antidemocrática desenvolvida na União Soviética sob Stalin.

Vladimir Lenin e Trotsky, apesar de suas disputas ideológicas, eram próximos pessoalmente antes do congresso de social-democratas de Londres em 1903 e durante a Primeira Guerra Mundial. Lenin e Trotsky eram próximos ideologicamente e pessoalmente durante a Revolução Russa e suas consequências, e os trotskistas e alguns outros chamam Trotsky de seu "co-líder". . Trotsky inicialmente se opôs a alguns aspectos do leninismo [2][3], mas acabou concluindo que a unidade entre os mencheviques e os bolcheviques era impossível e se juntou aos bolcheviques. Trotsky desempenhou um papel de liderança com Lenin na Revolução de Outubro. Avaliando Trotsky, Lenin escreveu: "Trotsky disse há muito tempo que a unificação é impossível. Trotsky entendeu isso e, a partir de então, não houve melhor bolchevique."[4]

Em 1927, Trotsky foi expurgado do Partido Comunista e da política soviética. Em outubro, por ordem de Stalin,[5] Trotsky foi afastado do poder e, em novembro, expulso do Partido Comunista da União (bolcheviques). Ele foi exilado em Alma-Ata (agora Almaty) em janeiro de 1928 e depois expulso da União Soviética em fevereiro de 1929. Como chefe da Quarta Internacional, Trotsky continuou no exílio para se opor ao que ele chamou de estado operário degenerado na União Soviética. União. Em 20 de agosto de 1940, Trotsky foi atacado na Cidade do México por Ramón Mercader, um agente espanhol do NKVD, e morreu no dia seguinte em um hospital. Seu assassinato é considerado um assassinato político. Quase todos os trotskistas dentro do Partido Comunista da União (bolcheviques) foram executados nos Grandes Expurgos de 1937-1938, removendo efetivamente toda a influência interna de Trotsky na União Soviética. Nikita Khrushchev chegou ao poder como chefe do Partido Comunista na Ucrânia, assinando listas de outros trotskistas a serem executados. Trotsky e o partido dos trotskistas ainda eram reconhecidos como inimigos da URSS durante o governo de Khrushchev na União Soviética a partir de 1956.[6]

A Quarta Internacional de Trotsky foi estabelecida na Terceira República Francesa em 1938, quando os trotskistas argumentaram que o Comintern ou Terceira Internacional havia se tornado irremediavelmente "perdido para o stalinismo" e, portanto, incapaz de levar a classe trabalhadora internacional ao poder político.[7] No uso contemporâneo da língua inglesa, um defensor das ideias de Trotsky é frequentemente chamado de "trotskista". Um trotskista pode ser chamado de "trotskista" ou "trot", especialmente por um crítico do trotskismo.[8]

De acordo com Trotsky, seu programa poderia ser distinguido de outras teorias marxistas por cinco elementos-chave:

Apoio à estratégia de revolução permanente em oposição à teoria de dois estágios de seus oponentes.[9][10]
A crítica à liderança da União Soviética pós-1924 e a análise de suas características,[11] depois de 1933, também apoiam a revolução política na União Soviética e o que os trotskistas chamam de estados operários degenerados.
Apoio à revolução social nos países capitalistas avançados através da ação de massa da classe trabalhadora.
Apoio ao internacionalismo proletário.[12]
Uso de um programa transitório de reivindicações que faça a ponte entre as lutas cotidianas da classe trabalhadora e as ideias máximas da transformação socialista da sociedade.[13]
No espectro político do marxismo, os trotskistas são geralmente considerados de esquerda. Na década de 1920, eles se autodenominavam Oposição de Esquerda, embora o comunismo de esquerda de hoje seja distinto e geralmente não bolchevique. O desacordo terminológico pode ser confuso porque são usadas diferentes versões de um espectro político de esquerda-direita. Os anti-revisionistas se consideram os esquerdistas definitivos em um espectro que vai do comunismo à esquerda ao capitalismo imperialista à direita. No entanto, dado que o stalinismo é frequentemente rotulado de direitista dentro do espectro comunista e o comunismo de esquerda esquerdista, a ideia dos anti-revisionistas da esquerda é muito diferente da do comunismo de esquerda. Apesar de serem camaradas bolcheviques-leninistas durante a Revolução Russa e a Guerra Civil Russa, Trotsky e Stalin se tornaram inimigos na década de 1920 e, depois disso, se opuseram à legitimidade das formas de leninismo um do outro. Trotsky foi altamente crítico da URSS stalinista por suprimir a democracia e a falta de planejamento econômico adequado.[5]
  


O trotskismo significava a ideia de que o proletariado russo poderia ganhar o poder antes do proletariado ocidental e que, nesse caso, não poderia se limitar aos limites de uma ditadura democrática, mas seria compelido a adotar as medidas socialistas iniciais. O trotskismo são os princípios políticos ou econômicos de Leon Trotsky, especialmente a teoria de que o socialismo deve ser estabelecido em todo o mundo pela revolução contínua. O trotskismo geralmente inclui elementos de anarquismo e sindicalismo, mas o termo passou a ser usado indiscriminadamente para descrever muitas formas de socialismo radical. A revolução permanente de Trotsky é uma explicação de como as revoluções socialistas podem ocorrer em sociedades que não alcançaram o capitalismo avançado.

A revolução permanente ainda não morreu (canção brasileira-ucraniana pró-trotskista)

A revolução permanente ainda não pereceu, nem sua glória,
Sobre nós, companheiros trotskistas, o destino sorrirá mais uma vez.
Os inimigos da classe trabalhadora desaparecerão como orvalho ao sol,
E nós também governaremos, camaradas, em nosso próprio mundo livre.

Refrão:
Vamos entregar nossas almas e corpos para a libertação da classe trabalhadora,
E mostraremos ao mundo que nós, camaradas, somos da Revolução Permanente!

II
Irmãos, levantem-se juntos pela libertação dos trabalhadores do Ártico para a Antártica
Não permitiremos que nossos inimigos governem nosso planeta natal.
A biosfera sorrirá e a avó Gaia se alegrará,
Pois em nossa própria fortuna terráquea florescerá novamente.

Refrão

III
Nossa persistência e nossas sinceras labutas serão recompensadas,
E a canção dos trabalhadores ressoará por toda a Terra.
Ecoando na biosfera e ressoando pela Via Láctea.
Libertaremos a Terra do capitalismo em nosso tempo de vida.

Refrão

4

Quando realizamos nossa revolução permanente
A Terra e seus trabalhadores terão total liberdade
Transformaremos nossa Grande República Socialista Mundial em realidade
E a mãe Terra e sua biosfera agradecerão muito a todos nós.

Refrão

The Permanent revolution has not yet perished (Pro-Trotskyism Brazilian-Ukrainian song)

The Permanent revolution has not yet perished, nor has its glory,
Upon us, fellow Trotskyists, fate shall smile once more.
The enemies of working class will vanish like dew in the sun,
And we too shall rule, comrades, in a free world of our own.

Chorus:
We'll lay down our souls and bodies to the liberation of working class,
And we'll show the world that we, comrades, are of the Permanent Revolution!

II
Brethren, stand together for the worker's liberation from the Arctic to Antarctica
We will not allow our enemies to rule our native planet.
The biosphere will smile and grandmother Gaia will rejoice,
For in our own Terran fortune shall flourish again.

Chorus

III
Our persistence and our sincere toils will be rewarded,
And workers' song will resound throughout all of Earth.
Echoing off the biosphere, and rumbling across the Milky Way.
We will liberate Earth from capitalism in our lifetime.

Chorus

IV

When we accomplish our permanent revolution
The Earth and its workers will have complete freedom
We will turn our Great Socialist World Republic in reality
And mother Earth and its biosphere will thank us all on a lot.

Chorus
  

Outras informações sobre Trotskismo:

Palavras com 10 Letras
A Palavra Trotskismo pode ser uma gíria/informal/sigla
A Palavra Trotskismo possui 10 Letras
A Palavra Trotskismo possui 3 vogais - o i o
A Palavra Trotskismo possui 7 consoantes - tr tsk sm
A Palavra Trotskismo ao contrário: Omsikstort
Busca reversa Onomasiológica por Trotskismo
Visualize Trotskismo

1 página - 4 Definições